sexta-feira, 10 de setembro de 2010

OPINIÃO PÚBLICA EM TEMPOS DE INTERNET



Habermas é uma das principais referências teóricas acerca do conceito opinião pública. Este termo está associado ao de esfera pública que significa o espaço privado, ou conjunto de pessoas, que faria a mediação entre a sociedade e o Estado, expressando a tal da opinião pública.
A idéia restritiva do conceito de opinião pública, e que o vislumbra como uma categoria estática no contexto histórico, leva ao discurso blefe, como faz Demétrio Magnoli ao considerar a imprensa brasileira como mediadora da opinião pública.


Mas qualquer estudioso médio de comunicação sabe muito bem que dentre os desafios de produção persuasiva, mesmo para o mercado de produtos, encontra-se a questão entre a disputa entre o "mundo da vida" (o mundo fora da tela) e o "mundo da mídia". Resolvemos nossas opiniões e decidimos as coisas na combinação de fatores destes universos.
É neste momento que o caldo entorna, quanto maior for a discordância entre a narrativa da imprensa e aquilo que é notado no meio social ou nas conversas interpessoais, o modelo fixo de que a mídia é mediadora, vai pro brejo.
O pior para a capacidade persuasiva da imprensa se dá quando esta toma posicionamento político e entra em confronto inúmeros cidadãos que utilizando-se da plataforma da internet, disputam argumentos no espaço de embate da opinião pública.

A nova opinião pública depois do advento da internet e blogs é o tema do vídeo a seguir. Nele Luis Nassif debate o tema da mediação da opinião pública pelos grandes jornais. Esta fala contundente de um dos principais jornalistas de internet do Brasil foi proferida no I Encontro de Blogueiros Progressistas do Brasil.





Um comentário:

  1. excelente post amigaum, gostei do vt e devo imaginar que rendeu muita discussao no encontro..abs

    ResponderExcluir