sexta-feira, 30 de outubro de 2009

ENTRE AS RUAS E A MÍDIA - LULA FALA AOS JORNALISTAS

O presidente Lula esteve na quinta feira, dia 29 de outubro em São Paulo, na inauguração da Expocatadores. Lula sempre dialogou com a classe trabalhadora dos catadores, mas na oportunidade ao discursar aproveitou, e mantendo olho no olho dos jornalistas que faziam a cobertura do cerimonial, mandou um recado que mostra que Lula, como testemunha que é dos diferentes tipos nacionais, vez que é um presidente que de fato acompanha o país de norte sul, tem endendimento de:
1. que a opinião pública já não é centralizada em um grupo de classe média e ricos formadores de opinião;
2. que os jornalistas podem se permitir a conhecer o mundo para além das pautas das redações. E que o jornalismo, enquanto função atrelada a empresas que vendem notícia, está sobredeterminado também, pelo norte de pautas fixadas pela empresa;
3. que para além das telas de tv, das notícias e dos doutos relatos de opinião da imprensa, há vozes que reconhecem a realidade nacional por outro viés.

O presidente sugeriu aos profissionais presentes no evento que deixassem de lado a pauta enviada pelos editores e entrevistassem os catadores que participam da exposição. Disse: “Pode escolher qualquer um. Será a grande matéria da vida de vocês”.

E acrescentou: "E aí, vocês vão compreender porque que a figura do chamado formador de opinião pública, que antes decidia as coisas neste País, já não decide mais, porque esse povo já não quer mais intermediário. Esse povo tem pensamento próprio, esse povo anda com suas próprias pernas, trabalha pelos seus braços, enxerga pelos seus olhos e falam pela sua boca."

E terminou com a seguinte frase: "E o que é mais importante, esse povo, gente, adquiriu o gosto, o gosto de uma palavra chamada cidadania. Esse povo aprendeu a andar de cabeça erguida, esse povo aprendeu a ser dono de seu nariz!"

Vejam o discurso metalinguístico a seguir, por trás da caixa preta restou o olhar constrangido dos repórteres:



Fonte: Guerrilheiros Virtu@is

Um comentário:

  1. Os colOnistas do PiG estão inconformados com o Lulex: "esse nordestino analfabeto quer me ensinar como se faz jornalismo?!!". De facto, todos sabemos como se faz jornal de qualidade aqui. Pergunte pro Alexandre Garcia, pro Ali Kamel, pra Miriam Urubóloga, pro Reinaldo Azedo (meu ídAlo), pra Dora Kramer, pro Will Bonner, pro Dioguito.

    Aliás, hoje é dia das bruxas, quem venceu? A Miriam Urubóloga? Eliane Cantanhede? Renata Lo Prete? Dora Kramer? Lilian Witte Fibe? Lucinha Hippólito? qual colonista merece o prêmio "Vassoura de Ouro" do jornalismo de pocilga nacional?

    "a ilha não se curva noite adentro vida afora"...

    ResponderExcluir